Ranking 100 Open Startups: a Vuupt recebe prêmio na categoria de mobilidade

vuupt Open Startups

Ranking 100 Open Startups: a Vuupt recebe prêmio na categoria de mobilidade

As startups mais atraentes do mercado corporativo foram anunciadas no dia 11 de novembro, durante o “Whow! Festival de Inovação”. Idealizado pela 100 Open Startups, plataforma líder em open innovation no país, o Ranking 100 Open Startups, que chega a sua quinta edição em 2020, é resultado de um processo anual que mede a atratividade das startups de forma objetiva, por meio das relações de inovação aberta registradas e validadas entre empresas e startups no ano. 

A Vuupt participou da premiação pelo segundo ano consecutivo. Em 2019, foi eleita em 8º lugar na categoria “Top 10 Transport & Logistics”, concorrendo com mais de 8.600 startups. Em 2020, recebeu o prêmio na 5ª colocação pela categoria “Top 10 Mobility”. Para a empresa esse é um reconhecimento muito importante como reforça Mazine Zaninetti, CEO da Vuupt.

“Para nós é, novamente, a confirmação de que estamos no caminho certo. Isto, para uma startup onde, a cada dia o norte da bússola aponta para um local diferente, representa que, apesar das diversidades e desafios, estamos conseguindo crescer e melhorar ao longo do tempo. Em 2019, quando fomos premiados, também pela 100 Open Startups entre os Top 10 de logística, foi uma grande surpresa e motivo de muitas comemorações. Em 2020, já tínhamos ideia de que estávamos seguindo o caminho e só precisávamos replicar nosso modelo. A pandemia foi um susto no primeiro mês, colocando muitas ideias em cheque. Porém, de março para cá, a Vuupt já dobrou de tamanho e seguimos crescendo.”

Clique aqui, para conferir todas as empresas premiadas no  Ranking 100 Open Startups 2020.

A metodologia do Ranking 100 Open Startups dá pontos para as startups que mais despertam interesse em médias e grandes instituições a cada ano. Para serem elegíveis, as startups devem ter faturamento inferior a R$ 10 milhões no exercício fiscal do ano anterior à publicação do Ranking, não podem ter recebido mais de R$ 10 milhões em investimento direto e não devem ser controladas por grupo econômico, mas sim, por empreendedores à frente do negócio.

De acordo com Bruno Rondani, CEO da 100 Open Startups, o crescimento do Ranking em 2020 mais do que dobrou em relação à edição anterior, o que evidencia o amadurecimento de todo o ecossistema. “A pontuação do Ranking mede a quantidade e intensidade dos relacionamentos firmados entre startups e o mercado corporativo. Na edição deste ano, as startups somaram 34.677 pontos, contra 14.859 de 2019”, destaca.

Atualmente, a plataforma da Open Startups é líder em open innovation, a empresa conta com cerca de 13 mil startups, 130 universidades, 3 mil empresas e 3 mil investidores-anjo, com mais de 17 mil negócios registrados entre os participantes, totalizando R$ 1 bilhão em transações desde a sua criação. 



Comece agora mesmo a gerenciar melhor suas entregas, coletas ou serviços em campo.